HSJ realiza os primeiros transplantes

13/12/2017 - Notícias

HSJ realiza os primeiros transplantes

Mais uma conquista do HSJ, graças ao trabalho de muitos em benefício de todos. Cuidar de pessoas é nossa motivação diária e esta nova conquista ajudará a cuidar de mais pessoas. O Hospital São José de Jaraguá do Sul está autorizado para a realização de transplantes de rim e fígado, conforme Portaria nº 1.038, de 5 de junho de 2017, do Ministério da Saúde.

É importante ressaltar que Santa Catarina é o estado que mais realiza captação de órgãos. Esse destaque é devido ao trabalho realizado pela SC Transplantes e pelas Comissões Intra-hospitalares de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes – CIHDOTTs – dos hospitais catarinenses. Por ser destaque na captação de órgãos, percebeu-se a necessidade de ter mais centros de transplantes em SC, pois grande parte dos órgãos aqui captados é encaminhada para outros estados. “Quanto menor o tempo entre a retirada do órgão e a realização do transplante, melhores serão os resultados do procedimento” destaca o Dr. Willy Mamoru Hiraga, diretor técnico do HSJ. A habilitação ocorreu devido à estrutura, a referência e a qualidade do trabalho aqui realizado: os investimentos em estrutura física nos últimos anos facilitaram o credenciamento.

No dia 10 de julho teve início o atendimento no Ambulatório de Transplantes e desde entãom realizando 2 transplantes de fígado e em breve realizará o primeiro transplante de rim de Jaraguá do Sul. Inicialmente, a tendência é realizar de um a dois transplantes por mês. Este número vai aumentando gradativamente, tendo a possibilidade de serem realizados até três transplantes por semana. Os transplantes de rim e fígado atendem a principal demanda da região, tanto em oferta quanto em pessoas que deles necessitam. Números atualizados da SC Transplantes (outubro de 2017) mostram que a fila estadual para transplante de rim é de 358 pessoas e 19 pessoas para fígado. Outra demanda estadual é para transplantes de pâncreas e córneas, que o HSJ espera credenciar futuramente.

A fila é única e, no caso de não haver receptores compatíveis no Estado, o órgão vai para a fila nacional. As pessoas que necessitam de transplante podem entrar em contato com o Ambulatório de Transplantes do HSJ para obter mais informações.

AMBULATÓRIO DE TRANSPLANTES

Telefone: 47 3274-5000 ramais 5178 e 5303

E-mail: transplantes@hmsj.org.br